Pular para o conteúdo principal

A INTELIGÊNCIA SUPREMA DE DEUS

Uma linda menina de 3 aninhos de idade, morava com sua família em um lindo lugar. Todos eram cristãos. Eles iam todos os domingos à igreja e faziam cultos domésticos... Ela era muito feliz!
Ela amava sua família e admirava os olhos azuis de seu pai, sua mãe e seus irmãos. Todos em sua casa tinham olhos azuis Todos...MENOS ELA!!! O sonho da linda menina era ter olhos azuis como o mar... Ah! Quanto desejava isso!!!!
Um dia, na escola dominical, ouviu a "tia" dizer: "DEUS RESPONDE A TODAS AS ORAÇÕES!"
Ela passou o dia todo pensando nisso... À noite, na hora de dormir, ajoelhou ao lado da sua cama e orou:
"Papai do Céu, muito obrigado porque você criou o mar que é tão bonito! Muito obrigado pela minha família. Muito obrigado pela minha vida! Gosto muito de todas as coisas que você fez e faz! Mas... gostaria de pedir... por favor... quando eu acordar amanhã, quero ter olhos azuis como os da mamãe! Em nome de Jesus, amém”.
Ela teve fé. A fé pura e verdadeira de uma criança.E, ao acordar, no dia seguinte, correu para o espelho. Olhou...E qual era a cor de seus olhos?... CONTINUAVAM CASTANHOS!
Por que Deus não a ouviu? Por que não atendeu ao seu pedido?
Bem...Naquele dia, a sabia criança aprendeu que NÃO também era resposta!
A menininha agradeceu a Deus do mesmo modo...Mas não entendia.
Anos depois, foi ser missionária na Índia. Ela "comprava crianças para Deus" (as crianças eram vendidas por suas famílias - que passavam fome - para serem sacrificadas no templo, e ela as "comprava" para libertá-las desse sacrifício). Mas, para poder entrar nos "templos" da Índia, sem ser reconhecida como estrangeira, precisou se disfarçar de indiana: passou pó de café na pele, cobriu os cabelos, vestiu-se como as mulheres do local e entrava livremente nos locais de venda de crianças.Ela podia caminhar tranqüila em todo "mercado infantil", pois aparentava ser uma indiana.
Um dia, uma amiga missionária olhou para ela disfarçada e disse: "Puxa, irmã! Você já pensou como você faria para se disfarçar se tivesse olhos claros como os de todos da sua família? Que Deus inteligente nós servimos... Ele lhe deu olhos bem escuros, pois sabia que isso seria essencial para a missão que lhe confiaria depois!"
Essa amiga não sabia o quanto ela havia chorado na infância por não ter olhos azuis...Mas a menina, agora já moça, pôde, enfim, entender o porquê daquele NÃO de Deus há tantos anos atrás!

Pois é.. Às vezes pode ser totalmente difícil de compreender no momento.. Mas o fato é que Deus só pode te dar 3 respostas:
SIM, NÃO e ESPERE.
Autor desconhecido

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Oswald Jeffray Smith (1890-1986)

"Resolvi publicar essa biografia para conhecermos um pouco de nossa história recente, esse homem foi um dos maiores missionários americanos, viajou por mais de 80 países pregando a palavra de Deus, leia e aprenda com esse grande homem de Deus."
O canadense Oswald Jeffray Smith (1890-1986), filhos de Benjamin (um telegrafo da estrada de ferro) e a Alice Smith, em Odessa, Ontário, em 1889, o mais velho de dez crianças. A conversão de Smith ocorreu ao assistir a uma cruzada evangelística de R.A. Torrey e Charles Alexander, quando tinha dezesseis anos. Smith não teve uma infância saudável e não esperada sobreviver a sua adolescência. Esta saúde pobre afetou diretamente seus planos de missões trans-culturais da igreja Presbiteriana, que foram rejeitadas inicialmente. Preparou-se para o ministério e foi ordenado pastor presbiteriano. Seu desejo era dedicar-se à obra missionária, mas foi advertido de que era muito fraco fisicamente para enfrentar a dura vida missionária. Como o Pr. …

Discipulado (Parte I) - Paulo Junior || Escola Obreiro Aprovado (Aula 10)

O Pr Paulo Junior é usado por Deus nesse vídeo com uma linguagem simples e com muita humildade nos ensina a Palavra de Deus. Recomendamos com muito carinho.
Discípulo é um aprendiz de Cristo.




Cristofobia? Existe? Você sabe o que é?

Pouco denunciada, a opressão violenta das minorias cristãs nos países muçulmanos é um problema cada vez mais grave AYAAN HIRSI ALI
Ayaan Hirsi Ali, de 42 anos, nasceu de uma família muçulmana na Somália e emigrou para a Holanda, onde foi parlamentar. Produziu o filme Submissão (2004), sobre a repressão às mulheres no mundo islâmico. É pesquisadora do American Enterprise Institute SANGUE DERRAMADO Cristãos coptas, do Egito, carregam uma imagem de Jesus Cristo manchada de sangue, em ato contra a violência de extremistas islâmicos (Foto: Asmaa Waguih/Reuters)
Ouvimos falar com frequência de muçulmanos como vítimas de abuso no Ocidente e dos manifestantes da Primavera Árabe que lutam contra a tirania. Outra guerra completamente diferente está em curso – uma batalha ignorada, que tem custado milhares de vidas. Cristãos estão sendo mortos no mundo islâmico por causa de sua religião. É um genocídio crescente que deveria provocar um alarme em todo o mundo. O retrato dos muçulmanos como vítimas ou h…