Pular para o conteúdo principal

Missões não é Marketing

Creio que nunca podemos perder o alvo missionário. A Igreja foi chamada pra levar as boas novas de Cristo a todos os povos da terra. Mas isso não deve ser feito pelo “emocionalismo”, mas sim através do preparo sistemático de obreiros que tenham sua vida aprovada na comunidade local, visto que, é na localidade que somos forjados, onde não ficamos escondidos atrás de eventos e chamados mirabolantes. Na localidade somos confrontados em nosso caráter, motivações, temores, e também, é lá que se encontra a possibilidade de nossa cura e aprovação diante de Deus.

Caso você sinta um chamado missionário então é hora de aprofundar sua vida no conhecimento do Senhor, na sua palavra, nos seus estatutos. Você terá que aprender o que é servir, e servir sem esperar nada em troca. Procure seus líderes e disponha sua vida na localidade. Não tema a restrição dos homens, pois quem intentará contra a vontade soberana de Deus? E por favor, não use desse chamado para auto-promoção. Missões não é marketing, mas um desafio árduo. Isso mesmo. Não trate o assunto no romantismo apenas, mas trate com realismo, visto que esse chamado consumirá toda sua existência.

Meu desejo é que a obra missionária, feita a partir do Brasil, seja sólida e abrangente e que realmente o fruto desse trabalho seja para a edificação de pessoas para a vida e para a glória Dele, somente Dele.

No Senhor, que doou sua vida por Sua missão;

Créditos à
Gerson Freire

www.gersonfreire.com

Comentários

Freire, gostei muito do seu blog!!
Estarei te ajudando em oraçao!!
vejo em vc a face de Deus!!
um abraço fraternal Ir.Virginia!

Postagens mais visitadas deste blog

Oswald Jeffray Smith (1890-1986)

"Resolvi publicar essa biografia para conhecermos um pouco de nossa história recente, esse homem foi um dos maiores missionários americanos, viajou por mais de 80 países pregando a palavra de Deus, leia e aprenda com esse grande homem de Deus."
O canadense Oswald Jeffray Smith (1890-1986), filhos de Benjamin (um telegrafo da estrada de ferro) e a Alice Smith, em Odessa, Ontário, em 1889, o mais velho de dez crianças. A conversão de Smith ocorreu ao assistir a uma cruzada evangelística de R.A. Torrey e Charles Alexander, quando tinha dezesseis anos. Smith não teve uma infância saudável e não esperada sobreviver a sua adolescência. Esta saúde pobre afetou diretamente seus planos de missões trans-culturais da igreja Presbiteriana, que foram rejeitadas inicialmente. Preparou-se para o ministério e foi ordenado pastor presbiteriano. Seu desejo era dedicar-se à obra missionária, mas foi advertido de que era muito fraco fisicamente para enfrentar a dura vida missionária. Como o Pr. …

Discipulado (Parte I) - Paulo Junior || Escola Obreiro Aprovado (Aula 10)

O Pr Paulo Junior é usado por Deus nesse vídeo com uma linguagem simples e com muita humildade nos ensina a Palavra de Deus. Recomendamos com muito carinho.
Discípulo é um aprendiz de Cristo.




Cristofobia? Existe? Você sabe o que é?

Pouco denunciada, a opressão violenta das minorias cristãs nos países muçulmanos é um problema cada vez mais grave AYAAN HIRSI ALI
Ayaan Hirsi Ali, de 42 anos, nasceu de uma família muçulmana na Somália e emigrou para a Holanda, onde foi parlamentar. Produziu o filme Submissão (2004), sobre a repressão às mulheres no mundo islâmico. É pesquisadora do American Enterprise Institute SANGUE DERRAMADO Cristãos coptas, do Egito, carregam uma imagem de Jesus Cristo manchada de sangue, em ato contra a violência de extremistas islâmicos (Foto: Asmaa Waguih/Reuters)
Ouvimos falar com frequência de muçulmanos como vítimas de abuso no Ocidente e dos manifestantes da Primavera Árabe que lutam contra a tirania. Outra guerra completamente diferente está em curso – uma batalha ignorada, que tem custado milhares de vidas. Cristãos estão sendo mortos no mundo islâmico por causa de sua religião. É um genocídio crescente que deveria provocar um alarme em todo o mundo. O retrato dos muçulmanos como vítimas ou h…