Pular para o conteúdo principal

A vida de um hindu transformada por Jesus


ÍNDIA (29º) - Imagine encontrar um homem muito intimidador e fora de si que amedrontava todo mundo ao seu redor, principalmente os cristãos. Além disso, ele abusa de sua esposa e de seus filhos, explora os pastores e despreza o cristianismo de uma maneira geral.

Esta descrição enquadra-se num homem chamado Sumitr, mas isso é só parte da história. Por muitos anos, a esposa dele carregara um tumor no peito, além da realidade do filho dela, que abandonou seus pais para se afastar do ambiente hostil no qual vivia com o próprio pai.

Sumitr vive em Kerala, província localizada ao sul da Índia. Um dia, ele convidou o missionário Nabhoj Vaman, do ministério Gospel for Asia (GFA, sigla em inglês), a visitá-lo em sua casa. Disse ao pastor que queria ouvir falar de Jesus.

Mas o verdadeiro motivo daquele homem era zombar do cristianismo. No entanto, Deus tinha outros planos.

Quando o pastor Nabhoj chegou, Sumitr começou a fazer várias perguntas a respeito de Cristo. Ao final da discussão, Sumitr ficou surpreso com as concepções errôneas que tinha sobre a fé cristã.

Ansioso em aprender mais, ele aceitou o convite de Nabhoj para visitar uma igreja e, após observá-la, Sumitr entregou sua vida para Cristo.

A notícia da conversão de Sumitr se espalhou pela vila. Quando os amigos dele ficaram sabendo, imediatamente foram ao encontro de Sumitr e tentaram convencê-lo a desistir do cristianismo.

Eles até ameaçaram ferir sua esposa, caso discordasse em desistir de ser cristão.

Ainda assim, Sumitr sabia que Jesus era o único que tinha mudado sua vida, fazendo com que recusasse a coação de seus amigos. Percebendo que Sumitr realmente tinha se convertido, acabaram desistindo e o deixaram em paz.

Agora a família de Sumitr está muito feliz e radiante com Jesus. Sumitr e sua esposa foram batizados. Deus curou o tumor no peito de sua esposa através das orações de Nabhoj e o filho do casal se reintegrou à família.

Deus está sendo louvado por esse milagre e Nabhoj pede por oração à Sumitr e sua família para que se fortaleçam na fé.
Tradução: Fabio Caruso Melo
Fonte: ANS

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Discipulado (Parte I) - Paulo Junior || Escola Obreiro Aprovado (Aula 10)

O Pr Paulo Junior é usado por Deus nesse vídeo com uma linguagem simples e com muita humildade nos ensina a Palavra de Deus. Recomendamos com muito carinho.
Discípulo é um aprendiz de Cristo.




Oswald Jeffray Smith (1890-1986)

"Resolvi publicar essa biografia para conhecermos um pouco de nossa história recente, esse homem foi um dos maiores missionários americanos, viajou por mais de 80 países pregando a palavra de Deus, leia e aprenda com esse grande homem de Deus."
O canadense Oswald Jeffray Smith (1890-1986), filhos de Benjamin (um telegrafo da estrada de ferro) e a Alice Smith, em Odessa, Ontário, em 1889, o mais velho de dez crianças. A conversão de Smith ocorreu ao assistir a uma cruzada evangelística de R.A. Torrey e Charles Alexander, quando tinha dezesseis anos. Smith não teve uma infância saudável e não esperada sobreviver a sua adolescência. Esta saúde pobre afetou diretamente seus planos de missões trans-culturais da igreja Presbiteriana, que foram rejeitadas inicialmente. Preparou-se para o ministério e foi ordenado pastor presbiteriano. Seu desejo era dedicar-se à obra missionária, mas foi advertido de que era muito fraco fisicamente para enfrentar a dura vida missionária. Como o Pr. …

Cristofobia? Existe? Você sabe o que é?

Pouco denunciada, a opressão violenta das minorias cristãs nos países muçulmanos é um problema cada vez mais grave AYAAN HIRSI ALI
Ayaan Hirsi Ali, de 42 anos, nasceu de uma família muçulmana na Somália e emigrou para a Holanda, onde foi parlamentar. Produziu o filme Submissão (2004), sobre a repressão às mulheres no mundo islâmico. É pesquisadora do American Enterprise Institute SANGUE DERRAMADO Cristãos coptas, do Egito, carregam uma imagem de Jesus Cristo manchada de sangue, em ato contra a violência de extremistas islâmicos (Foto: Asmaa Waguih/Reuters)
Ouvimos falar com frequência de muçulmanos como vítimas de abuso no Ocidente e dos manifestantes da Primavera Árabe que lutam contra a tirania. Outra guerra completamente diferente está em curso – uma batalha ignorada, que tem custado milhares de vidas. Cristãos estão sendo mortos no mundo islâmico por causa de sua religião. É um genocídio crescente que deveria provocar um alarme em todo o mundo. O retrato dos muçulmanos como vítimas ou h…