Pular para o conteúdo principal

Quais são as prioridades na sua vida ?


A vida é feita de escolhas.Como tomar as decisões certas? Como fazer as melhores escolhas? 

Muitas vezes temos que escolher não apenas entre o bem o mal, mas entre o bom e o melhor. Sempre que sacrificamos as coisas importantes, estamos invertendo as prioridades da vida. Precisamos estabelecer prioridades corretas:


Temos que considerar Deus antes das pessoas. Devemos adorar a Deus, amar as pessoas e usar as coisas. Se cultuarmos a nós mesmos, iremos desprezar a Deus, amar as coisas e usar as pessoas. Deus deve ocupar o primeiro lugar na nossa vida, nossa agenda, nossos sonhos. Devemos buscar o Reino de Deus em primeiro lugar em nossas vidas. Se estamos tão ocupados a ponto de não termos tempo para Deus nem para a sua igreja, estamos ocupados demais.

Temos que considerar as pessoas antes das coisas As pessoas são mais importantes do que coisas. Não podemos sacrificar relacionamentos por causa das coisas. O trabalho é uma coisa boa, ganhar dinheiro para o sustento da família é uma necessidade básica, mas não podemos esquecer ou desprezar o cônjuge e os filhos e sacrificar o relacionamento familiar para ajuntarmos mais bens materiais. A Bíblia afirma que os que querem ficar ricos caem em muitas ciladas e angústias.

Temos que considerar o cônjuge antes dos filhos.Os filhos são herança de Deus, mas não devem ocupar o lugar do cônjuge. Pecamos contra os próprios filhos quando damos mais atenção a eles do que ao cônjuge. O maior bem que podemos fazer aos filhos é amar o cônjuge. Quando os pais vivem em harmonia, amor e fidelidade, os filhos sentem-se seguros e protegidos. A falência do casamento é um desastre na vida emocional e espiritual dos filhos.

E, finalmente, temos que considerar o cônjuge antes de si mesmo.Não nos casamos para sermos felizes, mas para fazermos o nosso cônjuge feliz. Nosso alvo no casamento não é satisfazer a nossa própria vontade, mas agradar o nosso cônjuge. O outro vem antes do eu. Renúncia do eu e investimento no outro é o caminho para a realização da felicidade conjugal. Enfrentamento dos problemas e não a fuga deles é a forma mais sensata de solucionarmos os conflitos conjugais.

Quero lembrar que nossos valores dirigem nossas escolhas e ações. Precisamos estabelecer de forma correta as prioridades em nossas vidas para desfrutarmos da bênção do Senhor. Deus deve ser sempre nossa prioridade absoluta.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Discipulado (Parte I) - Paulo Junior || Escola Obreiro Aprovado (Aula 10)

O Pr Paulo Junior é usado por Deus nesse vídeo com uma linguagem simples e com muita humildade nos ensina a Palavra de Deus. Recomendamos com muito carinho.
Discípulo é um aprendiz de Cristo.




Oswald Jeffray Smith (1890-1986)

"Resolvi publicar essa biografia para conhecermos um pouco de nossa história recente, esse homem foi um dos maiores missionários americanos, viajou por mais de 80 países pregando a palavra de Deus, leia e aprenda com esse grande homem de Deus."
O canadense Oswald Jeffray Smith (1890-1986), filhos de Benjamin (um telegrafo da estrada de ferro) e a Alice Smith, em Odessa, Ontário, em 1889, o mais velho de dez crianças. A conversão de Smith ocorreu ao assistir a uma cruzada evangelística de R.A. Torrey e Charles Alexander, quando tinha dezesseis anos. Smith não teve uma infância saudável e não esperada sobreviver a sua adolescência. Esta saúde pobre afetou diretamente seus planos de missões trans-culturais da igreja Presbiteriana, que foram rejeitadas inicialmente. Preparou-se para o ministério e foi ordenado pastor presbiteriano. Seu desejo era dedicar-se à obra missionária, mas foi advertido de que era muito fraco fisicamente para enfrentar a dura vida missionária. Como o Pr. …

Cristofobia? Existe? Você sabe o que é?

Pouco denunciada, a opressão violenta das minorias cristãs nos países muçulmanos é um problema cada vez mais grave AYAAN HIRSI ALI
Ayaan Hirsi Ali, de 42 anos, nasceu de uma família muçulmana na Somália e emigrou para a Holanda, onde foi parlamentar. Produziu o filme Submissão (2004), sobre a repressão às mulheres no mundo islâmico. É pesquisadora do American Enterprise Institute SANGUE DERRAMADO Cristãos coptas, do Egito, carregam uma imagem de Jesus Cristo manchada de sangue, em ato contra a violência de extremistas islâmicos (Foto: Asmaa Waguih/Reuters)
Ouvimos falar com frequência de muçulmanos como vítimas de abuso no Ocidente e dos manifestantes da Primavera Árabe que lutam contra a tirania. Outra guerra completamente diferente está em curso – uma batalha ignorada, que tem custado milhares de vidas. Cristãos estão sendo mortos no mundo islâmico por causa de sua religião. É um genocídio crescente que deveria provocar um alarme em todo o mundo. O retrato dos muçulmanos como vítimas ou h…