Pular para o conteúdo principal

Eu, hipócrita

Eu, Hipócrita

Sou um hipócrita, mas isto vocês todos já sabem. Convicto? Sim, pois sempre que viro minhas costas para a Palavra de Deus e realizo os meus maus atos me torno convicto de minha hipocrisia. Hoje em dia tenho como meus dois maiores exemplos bíblicos Paulo, por suas maravilhosas cartas, e Salomão, em especial pelo livro de Eclesiastes (Jesus é hors concours). O primeiro deixou uma vida regalada em meio à elite social e intelectual para servir à Deus de corpo, alma e espírito enquanto que o segundo, com sua vida de luxos sendo citada até por Jesus no Novo Testamento (Lc 12.27), no fim da vida veio perceber que tudo vivido por ele não passava de vaidades, de vaidades, de vaidades (Ec). Ambos foram hipócritas? Sim, mas em níveis diferentes dos meus, ou seja, bem menores.

Irmãos, nos meus quase dez anos de cristão percebi o quanto foi difícil aceitar Jesus e permanecer servindo à Ele. Por muitas vezes pensei em deixar a igreja por causa das pessoas nela inseridas. Passei por maus bocados por onde andei, mas com o tempo e com a maturidade que com ele veio percebi também que não sou muito diferente das pessoas que me magoaram. Muitas vezes reclamei de ter sido abandonado pelos irmãos e eu mesmo abandonei vários outros; outras vezes notei e apontei a falha dos outros sem perceber que eu mesmo estava falhando; em outras vezes reclamei de um departamento quando o meu sofria com falhas semelhantes por uma culpa que também me pertencia. Por estas coisas o nosso Senhor Jesus Cristo disse sabiamente: 
"E por que reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão, e não vês a trave que está no teu olho? Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, estando uma trave no teu? Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho, e então cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão." (Mateus 7:3-5).
Meus caros, o plano de salvação de nosso Deus é algo impressionante. Este plano permite que pessoas como nós, cheias de defeitos e falhas, tenham lugar na melhor de nossas moradias. Mesmo sendo a Bíblia cheia de recomendações quanto ao nosso comportamento na sociedade e na igreja sabemos que a nossa perfeição será alcançada somente quando tivermos o corpo transformado (I Co 15.42). Realmente, irmãos, a igreja é um lugar cheio de hipócritas e que sempre terá lugar para mais um.



Por fim devemos nos lembrar do que a Bíblia recomenda ao hipócrita (você/eu) fazer com o hipócrita (eu/você) quando nos sentimos fracos:
"Porque Deus não nos destinou para a ira, mas para a aquisição da salvação, por nosso Senhor Jesus Cristo, que morreu por nós, para que, quer vigiemos, quer durmamos, vivamos juntamente com ele. Por isso exortai-vos uns aos outros, e edificai-vos uns aos outros, como também o fazeis." (1 Tessalonicenses 5:9-11).
"Confessai as vossas culpas uns aos outros, e orai uns pelos outros, para que sareis. A oração feita por um justo pode muito em seus efeitos. Elias era homem sujeito às mesmas paixões que nós e, orando, pediu que não chovesse e, por três anos e seis meses, não choveu sobre a terra. E orou outra vez, e o céu deu chuva, e a terra produziu o seu fruto. Irmãos, se algum dentre vós se tem desviado da verdade, e alguém o converter, saiba que aquele que fizer converter do erro do seu caminho um pecador, salvará da morte uma alma, e cobrirá uma multidão de pecados." (Tiago 5:16-20).


Por isto peço-lhes que orem por mim, pois sou hipócrita. São duas e dezoito da tarde e já pequei hoje, pequei ontem e creio que pecarei amanhã. Repreendam-me mesmo que eu tenha raiva de ti, mas, percebendo eu que suas palavras não foram más, serei grato a ti em breve.

Fiquem todos com a paz que vem de nosso Senhor.
Bonnie Ives

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Discipulado (Parte I) - Paulo Junior || Escola Obreiro Aprovado (Aula 10)

O Pr Paulo Junior é usado por Deus nesse vídeo com uma linguagem simples e com muita humildade nos ensina a Palavra de Deus. Recomendamos com muito carinho.
Discípulo é um aprendiz de Cristo.




Oswald Jeffray Smith (1890-1986)

"Resolvi publicar essa biografia para conhecermos um pouco de nossa história recente, esse homem foi um dos maiores missionários americanos, viajou por mais de 80 países pregando a palavra de Deus, leia e aprenda com esse grande homem de Deus."
O canadense Oswald Jeffray Smith (1890-1986), filhos de Benjamin (um telegrafo da estrada de ferro) e a Alice Smith, em Odessa, Ontário, em 1889, o mais velho de dez crianças. A conversão de Smith ocorreu ao assistir a uma cruzada evangelística de R.A. Torrey e Charles Alexander, quando tinha dezesseis anos. Smith não teve uma infância saudável e não esperada sobreviver a sua adolescência. Esta saúde pobre afetou diretamente seus planos de missões trans-culturais da igreja Presbiteriana, que foram rejeitadas inicialmente. Preparou-se para o ministério e foi ordenado pastor presbiteriano. Seu desejo era dedicar-se à obra missionária, mas foi advertido de que era muito fraco fisicamente para enfrentar a dura vida missionária. Como o Pr. …

Cristofobia? Existe? Você sabe o que é?

Pouco denunciada, a opressão violenta das minorias cristãs nos países muçulmanos é um problema cada vez mais grave AYAAN HIRSI ALI
Ayaan Hirsi Ali, de 42 anos, nasceu de uma família muçulmana na Somália e emigrou para a Holanda, onde foi parlamentar. Produziu o filme Submissão (2004), sobre a repressão às mulheres no mundo islâmico. É pesquisadora do American Enterprise Institute SANGUE DERRAMADO Cristãos coptas, do Egito, carregam uma imagem de Jesus Cristo manchada de sangue, em ato contra a violência de extremistas islâmicos (Foto: Asmaa Waguih/Reuters)
Ouvimos falar com frequência de muçulmanos como vítimas de abuso no Ocidente e dos manifestantes da Primavera Árabe que lutam contra a tirania. Outra guerra completamente diferente está em curso – uma batalha ignorada, que tem custado milhares de vidas. Cristãos estão sendo mortos no mundo islâmico por causa de sua religião. É um genocídio crescente que deveria provocar um alarme em todo o mundo. O retrato dos muçulmanos como vítimas ou h…